Debate público sobre classificação indicativa

Em 18 de novembro de 2010, o Ministério da Justiça abriu um debate público online para a discussão das portarias e critérios referentes ao sistema brasileiro de classificação indicativa, aplicado a diversões públicas, programas de rádio e televisão, jogos eletrônicos e de interpretação (RPGs). Por meio de seu programa CTS Game Studies, o Centro de Tecnologia e sociedade redigiu sua contribuição ao debate propondo:
  1. A retirada dos RPGs do regime de classificação indicativa obrigatória;
  2. Quanto aos jogos eletrônicos, a criação de mecanismos para a conversão automática, ao sistema brasileiro, de classificações feitas por outras entidades e governos, com o objetivo de evitar a criação de barreiras injustificadas à distribuição e consumo de jogos eletrônicos no Brasil.
A contribuição do CTS pode ser baixada aqui.